Coelhão na Estrada apresenta Campinas, referência na produção científica nacional

  • Marina Almeida
  • 14/09/2020 20:00
Além da importância nacional em níveis tecnológicos, o município apresenta belas opções de turismo (Foto: Arte / América)

Após uma semana sem entrar em campo, o América retorna para a partida diante da Ponte Preta-SP pela 4ª fase da Copa do Brasil. O destino é Campinas (SP) e o Coelhão na Estrada apesenta esta cidade que é polo de pesquisas nacionais. 

Fundado em 14 de julho de 1774, o município de Campinas (SP) está localizado no interior do estado de São Paulo e, atualmente, possui quase 1,2 milhões de habitantes. Durante sua formação, a cidade teve o café e a cana de açúcar como importantes atividades econômicas. Atualmente, apresenta o setor de serviços como principal base econômica.

Campinas (SP) é considerada uma das dez cidades mais ricas do país. O município é responsável por cerca de pelo menos 15% de toda a produção cientifica nacional, além de também possuir o título de terceiro maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil.

A Lagoa do Taquaral é um dos principais pontos turísticos da cidade, recebendo mais de 50 mil pessoas aos finais de semana. No parque é possível visitar um dos principais cartões postais da cidade de Campinas (SP), a Caravela, que há poucos anos foi reformada e está disponível para visitação. Além do cartão postal, o parque também apresenta área de lazer para as crianças e uma bela paisagem para caminhadas.

Outra opção de passeio é a Maria Fumaça. O trajeto se inicia na Estação Anhumas e segue até a cidade de Jaguariúna. Durante o caminho é possível observar antigas fazendas de café e conhecer a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), onde são recuperadas as velhas locomotivas e mantém viva a memória ferroviária do país. O tradicional passeio na Maria Fumaça configura o maior museu ferroviário dinâmico do país.

Coelhão em Campinas

Visitar Campinas (SP), traz boas memórias ao Coelhão. Em 2010, na partida que valia o acesso para a Série A, o América segurou o empate com os donos da casa e garantiu a vaga na elite do futebol brasileiro em 2011. Além de, no jogo de estreia do Campeonato Brasileiro Série B de 2020, o time americano ter conquistado a primeira vitória na competição, por 1 a 0.

 A partida também marca o reecontro de João Paulo e Juninho com o ex-clube. Os atletas atuaram na equipe adversária em 2012 e em 2015, respectivamente. O atacante Léo Passos, natural de de Campinas (SP), iniciou a sua trajetória no futebol na base da Ponte Preta-SP, em 2012. 

A Ponte Preta-SP

A Associação Atlética Ponte Preta foi fundada em 11 de agosto de 1900 e carrega as cores preto e branco. Sendo o time mais antigo do estado de São Paulo, e o segundo do país, foi um dos pioneiros no futebol nacional a combater o elitismo no esporte brasileiro. Uma das mais importantes páginas da história do clube foi o vice-campeonato na Sul-Americana em 2013.

A mascote da equipe paulista é a Macaca, uma forma de protesto em decorrência de fatos históricos envolvendo racismo de torcedores rivais. A torcida abraçou a escolha e, nos dias atuais, a mascote se tornou um apelido.