América MG

Momento especial: Prestes a completar 300 partidas, capitão Juninho crava seu nome em hall seleto da história americana

Foto: Mourão Panda / América

O volante Juninho está muito perto de alcançar mais um recorde com a camisa do América. Engrandecendo o pavilhão do Clube desde 16 de maio de 2016, o capitão americano terá a chance de completar 300 atuações pelo Coelho. Na próxima vez que adentrar em campo, ele alcançará a histórica marca de três centenas de partidas, cravando seu nome em um seleto hall da história americana.

Ao longo de 110 anos, apenas seis atletas conseguiram o feito de ultrapassar 300 partidas com o manto americano. São eles: o goleiro Milagres (372 jogos), o volante Gaia (360 jogos), o goleiro Tonho (325 jogos), o zagueiro Wellington Paulo (307 jogos) e os laterais Estevam e Colatina (304 jogos) – Veja a lista detalhada ao fim da matéria.

Com isso, Juninho, além de conquistar o feito de 300 jogos pelo América, em breve também entrará no top-5 de mais atuações pelo Clube. Hoje, o volante é o sétimo atleta que mais defendeu o Coelho em toda a história.

O capitão americano comentou sobre o feito histórico que está prestes a vivenciar: “Significa muito, até porque estamos em um esporte em que é difícil ter uma grande sequência em um mesmo clube. É muita concorrência e em todo momento estará aparecendo jogadores com grande potencial. É claro que uma continuidade também depende muito dos resultados. Então, sou muito grato ao Clube, aos torcedores, a todos que fazem parte do América por me permitir estar aqui até hoje e alcançar todas essas marcas importantes individualmente. Tenho gratidão por viver isso em um lugar que eu gosto e fazendo o que eu gosto. Espero poder completar essa marca com uma vitória para que, aí sim, tenha um sabor mais especial ainda”, afirmou.

TV COELHO: CONFIRA A ENTREVISTA COM O VOLANTE JUNINHO

Campeão brasileiro da Série B em 2017, Juninho vem sendo um grande líder para o América no decorrer de sete temporadas. Além de entrar para a história com o título nacional, o volante deixou sua contribuição para a marcante campanha na Copa do Brasil de 2020, quando o Coelho chegou até as semifinais, e também para a melhor campanha do Clube na era de pontos corridos do Campeonato Brasileiro, onde o time se classificou para a Copa Libertadores pela primeira vez.


Confira os números da trajetória de Juninho pelo América:

299 jogos / 18 gols

2016
32 jogos / 2 gols

2017
38 jogos

2018
41 jogos / 4 gols

2019
52 jogos / 6 gols

2020
57 jogos / 3 gols

2021
53 jogos / 3 gols

2022
26 jogos


Confira abaixo o top-10 de mais atuações pelo América em toda a história*:

1º: Milagres – 372 jogos (goleiro; 1991 a 2001)

2º: Gaia – 360 jogos (volante; 1945 a 1958)

3º: Tonho – 325 jogos (goleiro; 1947 a 1958)

4º: Wellington Paulo – 307 jogos (zagueiro; 1990 a 1993 / 1997 / 1998 a 2002 / 2005 a 2006 / 2009 a 2010)

5º: Colatina – 304 jogos (lateral-direito; 1979 a 1989)

      Estevam – 304 jogos (lateral-direito; 1992 a 2000)

7º: Juninho – 299 jogos (volante; desde 2016)

8º: Taú – 296 jogos (volante; 1991 a 1998)

9º: Ricardo Evaristo – 279 jogos (zagueiro; 1988 a 1993 / 1996 a 2000)

10º: Irênio – 275 jogos (meia; 1994 a 2000 / 2009 a 2010)

      Luiz Carlos Marins – 275 jogos (zagueiro; 1990 a 1996)

* O ranking e os respectivos números de partidas tem como fonte o historiador do América, Carlos Paiva. Os veículos de comunicação devem citar o historiador ao reproduzir as informações fornecidas por este ranking.