América MG

Coelhãozinho despacha o Cruzeiro e volta a conquistar o Campeonato Mineiro Sub-20

Com gols de Rodriguinho, Carlos Alberto e Arthur, América vence o rival por 3 a 1 e conquista o estadual Sub-20 pela 18ª vez (Foto: Mourão Panda / América)

O América entrou em campo, na manhã deste domingo, e conquistou o título do Campeonato Mineiro Sub-20 2021! Jogando em casa, na Arena Independência, o Coelhãozinho foi superior, dominou o rival Cruzeiro-MG e venceu por 3 a 1. Após o empate por 1 a 1 no duelo de ida, em Betim (MG), o time comandado pelo técnico William Batista foi soberano dentro de casa para voltar a conquistar o estadual Sub-20 depois de 12 anos.

No Indepa, o meia Rodriguinho abriu o placar para o América. Após sofrer o empate, o atacante Carlos Alberto colocou o Coelhãozinho novamente à frente ao anotar um golaço! No segundo tempo, já nos acréscimos, o lateral Arthur sacramentou o título do Coelhãozinho.

Com a vitória neste domingo, o América conquista o Mineiro Sub-20 2021 de forma invicta. Foram 14 jogos ao longo da campanha, com 12 vitórias e 2 empates. O Coelho alcança seu 18º título estadual na categoria Sub-20.

O JOGO

O primeiro tempo começou com um América avassalador na Arena Independência. Com fome de vitória, o Coelhãozinho foi para cima desde o primeiro minuto e mostrou muita vontade na marcação nos momentos sem bola. Isso logo fez a diferença, com o time americano ganhando quase todas as disputas e empurrando o Cruzeiro-MG para o campo de defesa. A primeira chance mais clara de gol aconteceu aos 11 minutos, quando o atacante Carlos Alberto recebeu no bico direito da área e chutou cruzado para fora.

O Coelhãozinho seguiu agressivo nos minutos seguintes e foi recompensado aos 22, quando Gustavo cruzou da direita e Rodriguinho subiu bem, cabeceando com perfeição no ângulo do goleiro cruzeirense: 1 a 0 para o Coelho. O time americano seguia superior e sem dar chances ao rival, mas, aos 28 minutos, após cruzamento para área, a zaga americana falhou no corte e a bola sobrou para o atleta Igor Lemos empatar a partida.

Contudo, o América não se abateu e logo em seguida voltou à frente do placar. Aos 30, após lançamento da zaga, Carlos Alberto ganhou do zagueiro, conduziu, penetrou a área, chapelou o mesmo marcador e finalizou de esquerda para anotar um golaço no Indepa! Com o segundo gol, o time americano manteve o domínio do jogo até o fim da primeira etapa.

O segundo tempo teve tônica diferente da primeira etapa. Os ânimos foram ainda mais aflorados, e o Cruzeiro-MG tentou ir para cima em busca do empate. Com muitas faltas, o time americano não conseguiu imprimir o mesmo ritmo ofensivo, mas administrou bem a vantagem no placar. O técnico William Batista promoveu substituições para tentar matar o jogo, mas, aos 30 minutos, o lateral Diogo, que entrara na segunda etapa, foi expulso.

A partir disso, o Coelhãozinho passou a segurar o placar que lhe daria o título, enquanto o Cruzeiro-MG se jogou no campo de ataque para tentar o empate. Contudo, o rival conseguiu chegar mais perto do gol apenas uma vez, quando o goleiro Carlos fez boa intervenção aos 33 minutos. Além de não conseguir empatar, o Cruzeiro-MG também ficou com um atleta a menos, quando o atleta Rikelmo foi expulso aos 40 minutos.

Com a igualdade numérica novamente, as ações foram equilibradas. O Cruzeiro-MG tentava alçar bolas na área na base do abafa, mas aos 45 minutos, o Coelhãozinho conseguiu um contra-ataque fatal. O lateral Einstein, que entrou no segundo tempo, ganhou na corrida do último zagueiro e alcançou a bola. Ele rolou para Kanté, que chutou em cima do goleiro. Mas no rebote, o lateral Arthur dominou e fuzilou cruzado no canto para fazer o gol do título!

A partida ainda teve nove minutos de acréscimos, com o Coelhãozinho administrando o placar de 3 a 1 para comemorar o título estadual ao apito final.

O Coelhãozinho atuou na finalíssima do Campeonato Mineiro Sub-20 com Carlos; Arthur, Gustavo Marques, Julio e Carlos Junio (Zé Vitor); Kevyn, Rodriguinho e Gustavo (Kanté); Mateus Henrique (Diogo), Kawê (Einstein) e Carlos Alberto (Ighor Gabryel).


– Campeonato Mineiro:

Primeira fase
15/5 – América 5×0 Ipatinga-MG – Gols: Goldeson (duas vezes), Rodriguinho, Carlos Alberto e Kawê.
23/5 – Pouso Alegre-MG 1×2 América – Gols: Zé Vitor e Kawê.
29/5 – América 2×0 Betis-MG – Gols: Carlos Junio e Diogo.
12/6 – América TO 0x5 América – Gols: Rodriguinho (duas vezes), Carlos Alberto, Diogo e Vitinho.
20/6 – Ipatinga-MG 1×2 América – Gols: Gustavo Marques e Goldeson.
26/6 – América 3×1 Pouso Alegre-MG – Gols: Júlio, Mário Victor e Ighor Gabryel.
7/7 – Bétis-MG 1×2 América – Gols: Matheus Schultz e Adyson.
21/7 – América 2×0 América TO-MG – Gols: Ighor Gabryel e Rodolfo Moisés.

Quartas de Final
11/8 – Minas Boca-MG 0×4 América – Gols: Mateus Henrique, Renato Marques, Kanté e (contra).
15/9 – América 1×0 Minas Boca-MG – Gol: Vinicius Gabriel.

Semifinal
22/9 – Serranense-MG 0×4 América – Gols: Rodriguinho, Carlos Alberto, Kawê e Gustavo.
29/9 – América 0×0 Serranense-MG

Final
24/10 – Cruzeiro-MG 1×1 América – Gol: Rodriguinho.
31/10 – América 3×1 Cruzeiro-MG – Gols: Rodriguinho, Carlos Alberto e Arthur.

– Campeonato Brasileiro:

Primeira fase
24/6 – Flamengo-RJ 1×0 América
30/6 – América 1×3 São Paulo-SP – Gol: Goldeson.
4/7 – Cruzeiro-MG 0x1 América – Gol: Goldeson.
11/7 – Athletico-PR 3×1 América – Gol: (contra).
14/7 – América 1×2 Grêmio-RS – Gol: Lucas Gabriel.
18/7 – Corinthians-SP 3×0 América
24/7 – América 0x1 Atlético-MG
28/7 – América 1×0 Ceará-CE – Gol: Adyson.
2/8 – Atlético-GO 0x5 América – Gols: Gustavo, Kawê e Goldeson (três vezes).
7/8 – América 3×1 Botafogo-RJ – Gols: Gustavo Marques, Gustavo e Kawê.
14/8 – Chapecoense-SC 2×3 América – Gols: Kawê e Carlos Alberto (duas vezes).
21/8 – América 4×1 Vasco-RJ – Gols: Carlos Alberto, Mateus Henrique, Gustavo e Gustavo Marques.
29/8 – Santos-SP 1×1 América – Gol: Rodriguinho.
4/9 – América 2×0 Fortaleza-CE – Gols: Rodriguinho e Carlos Alberto.
11/9 – Internacional-RS 1×1 América – Gol: Rodriguinho.
19/9 – América 0×1 Palmeiras-SP
26/9 – Fluminense-RJ 1×0 América
3/10 – Bahia-BA 1×1 América – Gol: Gustavo Marques.
12/10 – América 3×2 Sport-PE – Gols: Diogo, Renato Marques e Mário Victor.

Artilheiros da temporada:

9 gols: Rodriguinho.
8 gols: Goldeson e Carlos Alberto.
6 gols: Kawê.
4 gols: Gustavo e Gustavo Marques.
3 gols: Diogo.
2 gols: Carlos Alberto, Ighor Gabryel, Adyson, Renato Marques, Mário Victor e Mateus Henrique.
1 gol: Kanté, Carlos Junio, Vitinho, Júlio, Rodolfo Moisés, Matheus Schultz, Zé Vitor, Vinicius Gabriel, Lucas Gabriel e Arthur.