América MG

Spartanas jogam melhor, lutam até o fim, mas têm o sonho do acesso adiado

Com uma campanha marcada pela superação, Spartanas chegam até as quartas de final e se despedem do Brasileirão A-2 de forma digna (Foto: Mourão Panda / América)

O América Feminino jogou sua partida decisiva das quartas de final do Campeonato Brasileiro A-2 na tarde deste sábado. Após serem superadas por 3 a 1 no jogo de ida, as Spartanas empataram em 0 a 0 contra o Atlético-MG e não conseguiram o acesso à primeira divisão da competição nacional. O empate sem gols aconteceu no SESC Venda Nova.

FLICKR: CONFIRA AS FOTOS DA PARTIDA

Com o fim da boa campanha no Brasileirão A-2, o América agora terá pela frente a disputa do Campeonato Mineiro. Na competição, as Spartanas buscarão retomar a hegemonia estadual após o último título conquistado no ano de 2018.

O JOGO

O primeiro tempo começou com o América buscando mais a iniciativa do ataque. Com vantagem no placar agregado, o rival aceitou a imposição americana e procurou brecar a intensidade da partida. Aos poucos, as Spartanas conseguiram as melhores chances de gol e ficaram perto de abrir o placar. Aos 21 minutos, após boa jogada de Karol Mineira pela esquerda, Lílian cruzou para a área e, no rebote, a lateral Sabrina chutou forte na rede pelo lado de fora.

Dois minutos depois, após falha na marcação do Atlético-MG, Karol Mineira pegou a sobra e tentou encobrir a goleira atleticana, que estava adiantada. Porém, a bola foi para fora.

As Spartanas seguiram pressionando até o fim da primeira etapa e ainda tiveram uma falta perigosa no último lance, que foi para fora por pouco. Porém, o placar do primeiro tempo ficou zerado.

Na segunda etapa, o América não conseguiu ter o mesmo volume ofensivo da primeira etapa. Jogando com o regulamento, o Atlético-MG priorizou a marcação e a saída em contra-ataque, mas as Spartanas seguiram lutando para sair na frente do placar.

Com o passar dos minutos, a equipe americana tentou se impor após cinco substituições feitas pela técnica Nádima Skeff. Mas o acesso foi ficando ainda mais distante, e a partida se encerrou com o empate em 0 a 0.

No jogo decisivo das quartas de final, o América atuou com Deka; Sabrina, Hingredy, Maiara e Dani Peré; Brenda (Rayane Pires), Leka (Serrana) e Ágata (Rafa Martins); Carol, Lílian (Giovanna) e Karol Mineira (Dilene).


– Campeonato Brasileiro A-2:

Primeira fase
16/5 – Vasco-RJ 3×1 América – Gol: (contra)
23/5 – América 2×0 Brasil de Farroupilha-RS – Gols: Serrana e Jéssica Beiral
30/5 – Ponte Preta-SP 1×1 América – Gol: (contra)
6/6 – Athletico-PR 1×0 América
18/6 – América 3×1 Chapecoense-SC – Gols: Karol Mineira (duas vezes) e Carol

Oitavas de final
27/6 – América 2×0 Vasco-RJ – Gol: Carol e (contra)
4/7 – Vasco-RJ 2×1 América – Gol: Dilene

Quartas de final
11/7 – América 1×3 Atlético-MG – Gol: Carol
17/7 – Atlético-MG 0x0 América

Artilheiras da temporada:
3 gols: Carol
2 gols: Karol Mineira
1 gol: Serrana, Jéssica Beiral e Dilene