América MG

Fora de casa, América é superado pelo Athletico

Coelho volta a campo na quarta-feira, às 21h30, diante do Criciúma-SC, pela Fase 3 da Copa do Brasil (Foto: Estevão Germano / América)

Neste domingo, o América foi superado pelo Athletico-PR, por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Fora de casa, o time americano jogou bem, criou boas chances, mas acabou sofrendo um gol no final da partida e não somou pontos em sua estreia no Campeonato Brasileiro.

Agora o Coelhão vira a chave e retoma a atenção para a Copa do Brasil. Pela Fase 3 da competição, a equipe americana enfrentará o Criciúma-SC. A primeira partida será realizada na Arena Independência, em Belo Horizonte, às 21h30, nesta quarta-feira.

O jogo

O Coelho começou a partida estudando o adversário e trabalhando bem a bola no meio de campo para buscar boas jogadas pelas laterais. A primeira grande chance do América no primeiro tempo foi de bola parada. Minutos depois, após excelente troca de passes, Rodolfo saiu com velocidade em direção à área adversária e quase marcou o primeiro gol da partida. Nas poucas chances criadas pelo Athletico-PR, a zaga americana se manteve firme afastando o perigo, além das boas defesas de Matheus Cavichioli. Já aos 41 minutos, Bruno Nazário teve boa chance, mas o goleiro Santos conseguiu realizar a defesa, tudo igual no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Coelho continuou impondo o seu ritmo e criando boas chances no ataque. Logo após a sua entrada, Geovane teve excelente oportunidade, mas a defesa adversária conseguiu se sobressair. Já aos 34 minutos, Anderson levantou a bola para Ademir que quase conseguiu marcar. Já aos 42 minutos, o Athletico-PR conseguiu fazer o primeiro e único gol da partida, 1 a 0 para os mandantes. Mesmo sofrendo o gol, a equipe americana continuou pressionando, mas não conseguiu igualar o placar.

FICHA DO JOGO

Athletico-PR 1×0 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 1

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (CBF/GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (CBF/GO) e Cristhian Passos Sorence (CBF/GO)

Gol: Carlos Eduardo (Athletico-PR)

Cartões amarelos: Anderson e Zé Ricardo (América); Nikão (Athletico-PR)

Cartão vermelho: não houve.

Athletico-PR
Santos; Khellven (Marcinho), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian (Léo Cittadini) e Jadson (Carlos Eduardo); Nikão, Vitinho (David Terans) e Renato Kayzer (Matheus Babi).

Técnico: António Oliveira

América
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Anderson, Eduardo Bauermann e Marlon (Alan Ruschel); Zé Ricardo, Juninho e Alê; Bruno Nazário (Geovane), Felipe Azevedo (Ramon) e Rodolfo (Ademir).

Técnico: Lisca