América MG

Em jogo muito disputado, América empata no primeiro jogo da final do Mineiro

Capitão Juninho completou 5 anos de América neste domingo (Foto: Mourão Panda / América)

O América empatou sem gols no primeiro confronto do Campeonato Mineiro 2021 com o Atlético-MG, na Arena Independência. Em duelo bastante disputado, o Coelhão dominou as ações do jogo, segurou o ímpeto rival e saiu de campo com a igualdade.

A partida de volta está marcada para as 16h30 do próximo sábado, no Mineirão.

O JOGO

O primeiro tempo foi bastante estudado e truncado, com o América chegando aos poucos ao ataque e conseguindo segurar bem as investidas ofensivas rivais. Com ligeira maior posse de bola na etapa inicial, o Coelhão rodou bem o jogo e foi testando a defesa do Atlético-MG, que se fechava pelo meio e tentava impedir os avanços americanos pelas pontas.

O meio campo do América deu uma boa dinâmica no confronto, buscando encontrar as brechas deixadas pelo adversário. Enquanto isso, a defesa americana dava poucos espaços, com Matheus Cavichioli trabalhando pontualmente e bem.

No segundo tempo, a partida continuou sem muitas chances para jogadas mais bem trabalhadas, mas os americanos conectavam passes rápidos e assertivos para chegar à área rival. Aos 6 minutos, o goleiro Éverson acertou um chute em Anderson dentro da área atleticana, mas a arbitragem não viu falta, mesmo com o VAR.

Aos 29, o Coelhão ficou com um homem a mais em campo após expulsão de Allan por puxão em Ademir, que partia em direção ao gol rival. O América, então, continuou a dominar as ações da partida, mas o placar ficou sem ser alterado.

FICHA DO JOGO

América 0x0 Atlético-MG

Motivo: Campeonato Mineiro – Final

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Wanderson Alves de Souza

Auxiliares: Ricardo Junio de Souza e Frederico Soares Vilarinho

Gol:

Cartões amarelos: Júnior Alonso, Guilherme Arana, Guga, Diego Tardelli, Éverson (Atlético-MG)

Cartão vermelho: Allan (Atlético-MG)

América

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Anderson, Eduardo Bauermann e Marlon; Zé Ricardo (Ramon), Juninho (Leandro Carvalho) e Alê; Bruno Nazário (Ribamar), Felipe Azevedo (Ademir) e Rodolfo (Lohan).

Técnico: Lisca

Atlético-MG

Everson; Guga, Igor Rabelo, Júnior Alonso e Dodô (Eduardo Sasha); Réver (Allan), Tche Tchê, Guilherme Arana e Nacho Fernández (Hyoran); Savarino (Diego Tardelli) e Hulk (Alan Franco).

Técnico: Cuca