América MG

América joga melhor, pressiona muito, mas é superado pela primeira vez na temporada

Após duelo desta noite, Coelho já está focado no duelo pela Copa do Brasil (Foto: Mourão Panda / América)

Na noite deste sábado, na Arena Independência, o América foi superado pela primeira vez na temporada 2021.

O Coelho foi superado pela Caldense-MG por 1 a 0. Mesmo com o resultado adverso, o time americano segue bem na classificação do Mineiro e permanece em segundo lugar.

Agora, o América vira a chave e foca totalmente na Copa do Brasil. O confronto contra o Treze-PB ocorre nesta quinta-feira, às 17h, no estádio Municipal Getúlio Vargas.

O JOGO

A partida começou com a equipe americana indo para cima do adversário e criando as melhores chances. A primeira foi após lançamento de Anderson para Rodolfo, que dividiu com o goleiro e ganhou um escanteio. Aos 11 minutos da primeira etapa, Ademir ganhou no corpo do adversário, cruzou para Rodolfo finalizar e quase marcar para o Coelho. O América seguia bem superior e controlando o duelo, mas a Caldense conseguiu sair na frente, com um gol aos 26 minutos. Mesmo com o gol sofrido, a equipe do América seguiu melhor e focado.

A tônica do segundo tempo seguiu a mesma. O América tinha a posse de bola e mandava nas ações do jogo. Com 13 minutos, João Paulo cruzou e Rodolfo testou firme, no entanto o goleiro se esticou todo para salvar o adversário. Com 25 minutos, o Coelho produziu uma ótima jogada e quase igualou o marcado. Juninho achou Gustavinho dentro da área, que ajeitou de peito para Rodolfo finalizar e a bola foi para fora. O Coelho continuo pressionando, mas não conseguiu marcar e foi superado pela primeira vez na temporada.

FICHA DO JOGO

América 0x1 Caldense-MG


Motivo:
 Campeonato Mineiro – Rodada 4
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli
Auxiliares: Felipe Alan Costa de Oliveira e Weyder Marques Borges


Gol: 
 Amarildo aos 26 minutos do 2ºT.

Cartões amarelos:
 Vitão e Flávio (América); Yuri (Boa Esporte-MG)


América

Matheus Cavichioli; Thalys (Diego Ferreira), Messias, Anderson e João Paulo; Flávio (Sabino), Juninho e Alê; Leandro Carvalho (Gustavinho), Ademir (Léo Passos) e Rodolfo (Vitão).Técnico: Lisca

Caldense-MG

João Paulo (Passareli); Danilo Belão, Jonathan, Guilherme Marins e Verrone; Gabriel Tonini, Lucas Silva, Bruno Oliveira, David Lazari (Dênis) e Rafael Peixoto (Rincon); Amarildo
Técnico: Marcus Gruppi