América MG

Atletas da base americana se destacam no ambiente acadêmico

Muito além do futebol! Quatro atletas da base americana se destacaram em seus colégios neste mês. Os jogadores Felipe Estrela, Felipe Alves, Ryan e Paulo Ricardo receberam prêmios de Destaque Acadêmico e da Feira de Ciências de seus respectivos colégios.

O atleta Paulo Ricardo do Sub-15 e o Ryan do Sub-14, conquistaram o primeiro e o terceiro lugar, consecutivos, da Feira de Ciências da Escola Municipal Wancleber. O jogador Felipe Estrela do Sub-17 foi o Destaque Acadêmico do primeiro semestre da Escola Estadual Francisco de Menezes. O atleta Felipe Alves, também do Sub-17, conquistou o Destaque Acadêmico da turma do terceiro ano da Escola Estadual Anita Brina Brandão.

Para os atletas conquistarem bons frutos no colégio, eles contam com o acompanhamento da pedagoga Márcia Srbek Araujo que explica a função do profissional no meio esportivo.

“A pedagogia esportiva pode ser entendida como um campo de conhecimento que trata do relacionamento entre educação e esporte com a intenção de melhorar o desenvolvimento e explorar as potencialidades dos atletas e mostrar que o futebol não é um passa tempo, futebol é um meio educacional capaz de educar e socializar”, explica a pedagoga.

Márcia ainda completa pontuando as preocupações do profissional engajado nesta área.

“A preocupação que tenho é de formar e capacitar os profissionais. O meu trabalho consiste em demonstrar a import&acirc,ncia da relação entre educação e a pedagogia do esporte dentro do ambiente esportivo, portanto penso estar no caminho certo. Com os resultados positivos dos meninos eu tenho mais motivação para continuar o trabalho que proporciona conhecimento e desenvolvimento intelectual, afetivo e social para os atletas”, completa Marta.

Para o atleta Felipe Alves a família e o Clube são seus principais incentivadores para buscar os bons resultados na escola.

“Minha família sempre me orientou sobre a import&acirc,ncia da escola para minha vida futura. Então sempre me esforcei para o meu aprendizado, assim, o destaque foi consequência. O América também sempre cobra nossos resultados escolares, assim, nos motivando a ir bem na escola. Vida de atleta é corrida, mas sempre tenho tempo para o estudo, para atingir meus objetivos”, declara o jogador.

Assim como Felipe Estrela que compreende a import&acirc,ncia da educação para a formação da sua carreira.

Fico muito contente com o reconhecimento de ser o aluno destaque da minha escola. O colégio e os estudos nos ajudam a ser melhores intelectualmente, que é muito importante para os jogadores se tornarem um atleta completo. O América é um Clube que dá muito apoio e incentivo aos nossos estudos“, pontua o atleta.

A pedagoga ainda completa explicando que o calendário esportivo e o escolar andarem juntos auxilia muito no trabalho que precisa ser realizado.

“O América faz prevalecer o seu DNA Formador no futebol e na escola. Temos um calendário compatível com a escola e com o futebol, o que facilita a vida escolar. Fazemos um trabalho integrado entre supervisão e diretoria, trabalho este que facilita na formação do atleta. Essa integração faz o trabalho fluir de forma agradável e tranquila“, finaliza Márcia.