América sai na frente, mas cede empate contra o Boa no último lance

  • Pedro Amim
  • 28/10/2017 18:39
Coelho parecia ter a vitória encaminhada e abriu dois gols de vantagem, mas acabou sofrendo o empate no duelo em Varginha (Foto: Daniel Hott/América)

O América encarou o Boa Esporte na tarde deste sábado (28/10), em Varginha, e deixou escapar a vitória nos minutos finais. O Coelho abriu 2 a 0, mas acabou sofrendo dois gols e o duelo mineiro contra o Boa terminou empatado em 2 a 2.

O time americano saiu na frente com dois gols do atacante Bill, que marcou de cabeça aos 2 minutos da segunda etapa e depois converteu uma cobrança de pênalti aos 7. Quando tudo parecia resolvido, o atacante Thaciano diminuiu a vantagem americana marcando de cabeça aos 38 minutos. Depois do gol adversário a partida foi toda pressão, e no último lance do jogo o pior aconteceu. Mais uma vez Thaciano apareceu e marcou de cabeça para empatar o jogo para o time do Sul de Minas.

Com o empate amargo o América fica na terceira colocação da Série B, com 57 pontos. A distância para o quinto colocado permanece a mesma e o Coelho tem 5 pontos de vantagem em relação ao Oeste.

Agora, a equipe americana se prepara para mais um desafio fora de casa, que será no próximo sábado (4/11), às 17h30, contra o Guarani, em Campinas.

FICHA DO JOGO

BOA ESPORTE 2 X 2 AMÉRICA

Estádio: Dilzon Melo, em Varginha

Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

Gols: Thaciano, aos 38’ e aos 49’ do 2ºT (Boa Esporte); Bill, aos 2’ e aos 7’ do 2ºT (América).

Cartões amarelos: Douglas Assis, Júlio Santos (Boa Esporte); Gerson Magrão, Norberto (América).

BOA ESPORTE
Fabrício; Ruan (Igor), Júlio Santos, Douglas Assis e Elivelton Lima; Escobar, Diones (Casagrande), Thaciano, Fellipe Mateus e Reis (Gil); Rodolfo. Técnico: Nedo Xavier

AMÉRICA
Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Ernandes, Juninho, Ruy (Zé Ricardo) e Gerson Magrão (Mike); Felipe Amorim (Hugo Cabral) e Bill. Técnico: Enderson Moreira